sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Memórias

Um dia vim, um dia fui, e neste dia voltei,
E volto para soltar a maldade do meu coração.
E faço do meu choro uma lei por todos a cumprir,
Que a desgraça caia em vós,
E que o poder caia todo em mim.
Perdi uma luz e fiquei perdido, cego pela saudade cometi erros de que me arrependo.
Mas agora sei que não estou sozinho tenho-a a si...Maria José Meireles.

5 comentários: